Especial Duetos DIANTE DO TRONO Unção Dobrada Ana Paula Valadão & André Valadão BAIXE AQUI...

22.6.11






01 Abertura Ana Paula Valadão
02 Manancial
03 Lugar de Oração
04 Porque Ele Vive (Voz e Piano)
05 Preciso de Ti (Participação de Carol e Celico)
06 Eu Nasci de Novo
07 Deus Fiel (Nova Versão)
08 Faz-nos um
09 Eu e Minha Casa (Voz e Piano)
10 Que Amor é Esse
11 A Vitória da Cruz (Nova Versão) 
12 Espontâneo e Intercessão Aleluia
13 Eu Nasci de novo (participação Mariana Valadão)
14 Deus está Perto de Nós (CD+Glória a Deu Lançamento em Setembro de 2011)
15 Espontâneo Livre Sou

AMADOS irmãos que baixou esse cd.
essa é uma versão da internet
hinos gravados de outros cds ou audio dos congressos de louvor do Diante do trono
Espero que você seja impactado pelo poder de Deus. Através da vida desses Dois servos de DEUS.

Ana Paula e André Obrigado Por vocês nao terem negado o Chamado de Deus na vida de Vocês.
 Fiquem na paz

BAIXE AQUI


http://www.mediafire.com/?3fewb1e4tjxpef5


Dueto ANA PAULA VALADÃO E ANDRÉ VALADÃO 2011.rar

CAMPANHA no twitte, facebook e Orkut

21.6.11

CAMPANHA no twitter para que @andrevaladao e @anapaulavaladao Gravem Um cd Juntos Musicas Inéditas espalhe de RT!! http://twitpic.com/5epxtx



Editor de revista inglesa defende capa após polêmica: 'Amamos o Brasil'

11.6.11

Responsável pela 'Four Four Two', jornalista David Hall aponta Neymar como esperança para evitar a 'morte do futebol brasileiro'
Por Thiago DiasRio de Janeiro
Four Four two  seleção brasileira (Foto: Reprodução)A capa da polêmica: 'A morte do Brasil" e "descanse
em paz?" no escudo da CBF (Foto: Reprodução)
"A morte do Brasil". Com essa manchete criticando o futebol brasileiro, a revista inglesa "Four Four Two" virou um dos assuntos mais comentados entre torcedores na internet nos últimos dias. Editor da publicação, o jornalista David Hall sabia que a capa seria recebida com polêmica, mas se defende: há "salvação" para a Seleção e a principal esperança é Neymar.
Em contato por telefone com o GLOBOESPORTE.COM, David mostrou-se um apaixonado pela Seleção pentacampeã mundial. Apesar da capa polêmica, com a sigla da CBF trocada por RIP ("descanse em paz", usada em túmulos), a reportagem aponta lados positivos do futebol brasileiro atual e apresenta as novas promessas, mas critica o sistema de jogo de Mano Menezes, a falta de bons atacantes e a desorganização da Copa do Mundo de 2014. O assunto que mais "incomoda" o editor é que os melhores jogadores do Brasil na Europa hoje são defensores, como David Luiz (Chelsea), Daniel Alves (Barcelona) e Thiago Silva (Milan).
- Nós, da "Four Four Two", amamos o Brasil. Sempre escrevemos sobre o futebol brasileiro. Mas a Seleção não vem bem há algum tempo, já com o Dunga questionávamos muito o estilo do Brasil. A reportagem é dividida em várias partes, explicando alguns pontos e apontando os desafios que virão para o país, como a Copa e a criação de um time de sucesso. Achamos que era uma boa hora para falarmos disso, um ano depois da eliminação na África do Sul - disse David.
A capa chama a atenção por decretar a morte do futebol brasileiro, mas a reportagem da revista adota um tom um pouco diferente. Em vez de uma afirmação, uma pergunta abre a primeira página dedicada ao assunto: "Quem morreu?", pergunta o título, com uma foto de Kaká e Robinho lamentando a derrota para a Holanda na Copa. Em seguida, a revista divide a matéria em tópicos, ouvindo opinião de ex-jogadores brasileiros para tentar explicar as dúvidas dos ingleses: "Quando os defensores ficaram tão bons?", "Por que as estrelas estão voltando para casa?", "Eles podem agir juntos para 2014?", "Pode um homem que pratica "futebol de resultados" levá-los à glória?" e "A turma de 2014".
reprodução Páginas da revista Four Four Two sobre a morte do futebol brasileiro (Foto: Revista Four Four Two)Primeira página da reportagem muda afirmação por pergunta: "Quem morreu?" (Foto: Revista Four Four Two)
Entre os textos, a "Four Four Two" publicou a opinião de alguns ex-jogadores da Seleção, como Zico, Toninho Cerezo, Rivelino, Mauro Silva e Careca, além do técnico Carlos Alberto Parreira. No tópico "A turma de 2014", a revista tenta projetar o time que estará na próxima Copa, escalando Julio César, Daniel Alves, David Luiz, Thiago Silva, Marcelo, Lucas Leiva, Ramires, Ganso, Lucas, Neymar e Alexandre Pato. Os ingleses escolhem ainda cinco "reservas": Victor, Dedé, Sandro, Robinho e o jovem Jean Carlos Chera, que é das categorias de base do Santos e está negociando transferência para o Genoa.
A reportagem traz uma entrevista com Ganso, na qual o santista é comparado a Zinedine Zidane logo na primeira pergunta. Mas para David, Neymar é o principal candidato a reerguer a Seleção. Segundo o jornalista, o jovem é o sucessor natural de Ronaldo e precisa se firmar no futebol europeu para ser considerado um craque de verdade.
David Hall, editor da revista inglesa Four Four Two (Foto: Divulgação)David Hall, editor da 'Four Four Two': Neymar é
apontado como esperança (Foto: Divulgação)
- Neymar foi apontado por vários ex-jogadores que ouvimos como grande promessa do Brasil. Acho que ele está pronto para suportar essa pressão, me parece um rapaz muito confiante. Ele precisa jogar na Europa e se apresentar. Se jogar na Espanha ou na Inglaterra, por exemplo, pode virar um popstar. Neymar me parece um talento incrível, mas tem que provar num clube europeu - analisou.
Segundo o editor, a equipe da "Four Four Two" já esperava uma reação negativa da torcida brasileira sobre a polêmica capa, mas o risco valia a pena para buscar uma explicação para a fase atual do futebol pentacampeão do mundo.
- Sabíamos que a capa poderia ser mal recebida, mas sempre tivemos na cabeça a intenção de contar o que estava acontecendo com a Seleção. É claro que o Brasil pode "viver" de novo. Tem tudo para ganhar novamente. Depende de como os jovens vão evoluir e de como passar esse talento para um nível internacional - concluiu.

Botão para Tweetar

 

Visualizações !!

Tags