Ser útil e necessário

5.8.10

Os meses se sucedem tão rapidamente que logo se transformam em anos...
Os anos se acumulam e acabam realizando os sonhos nobres de quem os acalenta, com perseverança, na intimidade.
Assim acontece com os nossos filhos, especialmente quando estão buscando uma formação profissional.
As primeiras batalhas começam na luta por conquistar uma vaga na Universidade.
Após árduos esforços, lá está ele dentro de uma sala de aula. As expectativas são grandes e as dúvidas quanto ao curso escolhido lhe rondam a alma.
Será isso mesmo que eu quero? Será que lograrei êxito? Pergunta-se com freqüência.
Enfim se adapta ao curso e segue adiante. São anos e mais anos de perseverança para conquistar a possibilidade de exercer uma profissão.
Agora outras questões lhe vêm à mente: poderei ser útil e necessário à sociedade da qual faço parte?
Valerá a pena tantos esforços, enquanto há muitos jovens desperdiçando seu tempo em coisas fúteis e sem propósitos?
Por fim aproxima-se do final do curso. Agora as preocupações são outras. É o estágio, a monografia, os preparativos para o exame final.
Ao cabo de alguns anos de esforços continuados, o diploma, enfim.
Agora uma última pergunta vem à mente: terá valido a pena?
E nós diremos que somente aqueles que perseveram até o fim obterão essa resposta.
E ela virá na utilidade que cada indivíduo der à sua profissão e na importância de ser necessário e de estar presente onde se é necessário.
É o agradecimento de uma mãe cujo filho o novo médico acaba de salvar...
O reconhecimento de alguém ao jovem farmacêutico, pelo medicamento eficaz que lhe aliviou as dores.
É o olhar de contentamento de alguém que contratou um engenheiro ou arquiteto eficiente e obteve seu lar bem construído.
São as palavras de gratidão ao analista de sistemas que conseguiu resolver com presteza os problemas de determinado empresário.
É compartilhar da vitória conquistada pelos alunos de um professor competente que não mediu esforços para ensinar com sabedoria.
É a gratidão da humanidade inteira pelas descobertas científicas promovidas por jovens cientistas conscientes de sua utilidade perante o mundo.
É a satisfação dos usuários promovido por profissionais que pensam na melhor maneira de levar conforto e segurança através da arte de desenhar.
E, assim, todos os profissionais dedicados terão uma resposta que provará que tudo valeu a pena.
Que as noites em claro foram de grande utilidade...
Que abrir mão das diversões para dedicar-se ao estudo foi uma sábia decisão.
Enfim, que todos os esforços valeram a pena pelo simples fato de que os limites superados os fizeram cada vez mais fortes e mais livres.

Você sabia?
Que perante as leis de Deus toda ocupação útil é trabalho?
E que o trabalho é alavanca de progresso para todas as criaturas?
Assim sendo, com ou sem diploma, todos podemos contribuir de forma eficiente para a evolução da humanidade e, especialmente, para nossa própria evolução.

No nosso trabalho tenhamos o espírito de Cristo. A Bíblia diz em Efésios 6:6-7 “Não servindo somente à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus, servindo de boa vontade como ao Senhor, e não como aos homens.”


Trabalhe sabendo que Deus é O que avalia os nossos esforços. A Bíblia diz em 2 Timóteo 2:15 “Procura apresentar-te diante de Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade.”

É importante ter uma boa atitude no trabalho. A Bíblia diz em Colossenses 3:23 “E tudo quanto fizerdes, fazei-o de coração, como ao Senhor, e não aos homens.” A Bíblia diz em Eclesiastes 9:10 “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças; porque no Seol, para onde tu vais, não há obra, nem projeto, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.”

O homem que se recusa a trabalhar para sustentar a sua família nega a sua fé com as suas acções. A Bíblia diz em 1 Timóteo 5:8 “Mas, se alguém não cuida dos seus, e especialmente dos da sua família, tem negado a fé, e é pior que um incrédulo.”

Na natureza há muitas lições sobre o assunto do trabalho que necessitamos aprender. A Bíblia diz em Provérbios 6:6-11 “Vai ter com a formiga, ó preguiçoso, considera os seus caminhos, e sê sábio; a qual, não tendo chefe, nem superintendente, nem governador, no verão faz a provisão do seu mantimento, e ajunta o seu alimento no tempo da ceifa. O preguiçoso, até quando ficarás deitador? quando te levantarás do teu sono? Um pouco para dormir, um pouco para toscanejar, um pouco para cruzar as mãos em repouso; assim te sobrevirá a tua pobreza como um ladrão, e a tua necessidade como um homem armado.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTARIO E SEJA FELIZ

Botão para Tweetar

 

Visualizações !!

Tags