Convite a descansar - Fabiana Sanos

11.8.10


Hoje, quero convidá-lo a descansar.

Mas, afinal, o que é mesmo descansar, esta palavra que insiste a fugir de nosso vocabulário cotidiano?

Descansar significa sossegar, repousar, aquietar-se, etc.

Para você que se encontra gozando de uma tranqüilidade ímpar, tem o emprego, a casa, a família, o casamento, enfim, tudo o que sempre sonhou, além disso, tudo o que acontece a seu redor coopera para a sua felicidade, logo, não há qualquer enfermidade rondando os seus queridos, Não há dor, nem qualquer tipo de perda, este convite, certamente, não se estende a você, pois, já está habituado a descansar.

Entretanto, àquele que precisa correr o dia inteiro e quem sabe até à noite para poder ao menos conseguir alimentar-se e suprir as necessidades básicas de sua família, àquele que não tem mais nenhuma perspectiva para o amanhã, àquele que periodicamente, recebe relatos desagradáveis sobre seu estado de saúde, ou sobre a saúde de pessoas que ama, a eles, sim, eu ofereço este convite.

Porém, para estes, descansar não seria nadar contra a correnteza? Sim! Claro!

Imagine só você, com todos os motivos para correr, apressar-se, apavorar-se, gritar, e chorar, contrariar a tudo isso descansando, esperando confortavelmente, em paz!

Em uma simples analogia, o mar encontra-se bravio, as ondas são mais altas que você, não há qualquer sinal de terra à sua frente, Mas, você se sente seguro o suficiente e simplesmente, descansa.

Porém, para descansar é preciso ter uma expectativa. Eu diria que é preciso ter fé, acreditar que tudo de muito ruim que hoje lhe desespera, vai passar.

Sim, a situação triste, desagradável, contraditória, pela qual passamos hoje, tão repentinamente, quanto nos sobreveio, vai embora e nós sobreviveremos a ela. Sim, sobreviveremos!

A Palavra de Deus nos afirma que Deus nunca nos surpreenderá com provas além de nossa capacidade. Ele conhece nossos limites e tem para conosco um carinho tal, capaz de estar conosco nos momentos mais difíceis.

Quando o caminho se torna tão estreito e perigoso e o final da caminhada ainda não se pode ver, geralmente, não encontramos quem nos apóie a continuar. Quando a força e o vigor que tínhamos outrora transformam-se em fraqueza diante das perdas diárias e levantamos nossos olhos buscando quem nos acolha, geralmente, não há ninguém.

Se não há ninguém, não há palavras de consolo. Se não há ninguém, não há incentivos a perseverar. Se não há ninguém não há um abraço amigo, uma visita para nos propor outro assunto que nos distraia e nos leve, por um momento para longe do ambiente conturbado no qual nossa alma se perdeu.

Mas, quando não há condição nenhuma de prosseguir, se pararmos um pouquinho, ouviremos em nosso interior, uma voz dizendo bem baixinho: Psciu! Aquietai-vos, descanse!

Já descobriu quem fala? Só poderia ser Ele. O senhor nosso Deus.

Ele nos diz: “Aquietai-vos e sabei que EU sou Deus”

Essa afirmação nos diz que devemos sossegar, pois, tudo está sob o seu controle e, assim, como Ele governa a, absolutamente, TUDO, a sua vida, porventura, fugiria à Sua coordenação?

Não, é impossível! Ele é capaz de penetrar o vale mais profundo e atingir as mais altas montanhas. Ele pode lhe ver na caverna mais obscura e te distinguir no meio de uma grande multidão.

Ele cuida de você a todo o tempo, sonda todas as suas necessidades, desde as maiores até as menores e, por certo o socorrerá.

O que está acontecendo a você é tudo uma questão de tempo e há tempo para todas as coisas debaixo do sol. Há tempo para chorar e há tempo para sorrir, há tempo para abraçar e há tempo de afastar-se, há tempo para prantear e há tempo para dançar.

Também, há tempo para falar e há tempo para estar calado e se você esta calado, ou ainda chorando, eu o encorajo a esperar pelo amanhã.

Amanhã, será o tempo de cantar, de sorrir, de colher o que se plantou e que se regou com muitas lágrimas, e você verá que valeu a pena descansar nos piores momentos de sua vida, entregando a Deus e somente a Ele, toda e qualquer preocupação.

Na certeza de que Ele É Deus, podemos descansar, crendo em Sua provisão, podemos socegar, certos de Seu cuidado.

Reclamações e desespero, não mudam situações, portanto, meu amigo, descansar e esperar serão sempre as melhores alternativas.

Espere pelo amanhã! Seja forte! Persevere! Não desista nunca! Ainda que tudo pareça contrário, ainda que as ondas estejam mais altas que o normal, ainda que você não esteja avistando o alto da montanha, tamanha é a profundidade do vale no qual você se encontra, procure socegar e ouvir a Deus.

Ele diz: “Eu é que sei que pensamentos tenho sobre vós; Pensamentos de paz e não de mal, para vos dar o fim que desejais.”

A noite é escura, silenciosa, solitária. Mas, é exatamente esta noite que parece ser interminável, que o está preparando para receber o amanhecer que breve virá.

Hei! O amanhã vem aí! O Sol da Justiça trará vida em suas asas e com ela virá à alegria, a cura, a prosperidade. Então espere por Ele. Mas, não espere chorando, lutando em vão, correndo sem sair do lugar, nem tentando escalar o monte para alcançar o topo, pois, se ainda não é o tempo de sair do vale, você não conseguirá ir a lugar algum.

Por isso, espere! Fique tranqüilo! Não tenha medo! O vento forte vai passar! O mar vai se aquietar.

Pela fé, comece a contemplar o fim do deserto, a chuva na terra seca, a tranqüilidade e o fim da tempestade, o dia de sol.

Pela fé comece a ouvir o som das boas notícias e o som dos instrumentos a festejar.

Espere!

O sorriso, a alegria, a paz, a cura, o amor, os amigos, a colheita, enfim, o tempo de cantar, está chegando.

Aceite o meu convite e lembre-se que “Tudo vai dar certo no fim e se ainda não deu certo, ainda não é o fim.” (Max Lukado).



Fabiana Aparecida Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTARIO E SEJA FELIZ

Botão para Tweetar

 

Visualizações !!

Tags