Palavra oculta - Leandro Alves

22.7.10


Lucas 7: E, depois de concluir todos estes discursos perante o povo, entrou em Cafarnaum. E o servo de certo centurião, há quem muito estimava, estava doente, e moribundo. E, quando ouviu falar de Jesus, enviou-lhe uns anciãos dos judeus, rogando-lhe que viesse curar o seu servo. E, chegando eles junto de Jesus, rogaram-lhe muito, dizendo: É digno de que lheconcedas isto, Porque ama a nossa nação, e ele mesmo nos edificou a sinagoga. E foi Jesus com eles; mas, quando já estava perto da casa, enviou-lhe o centurião uns amigos, dizendo-lhe: Senhor, não te incomodes, porque não sou digno de que entres debaixo do meu telhado. E por isso nem ainda me julguei digno de ir ter contigo; dize, porém, uma palavra, e o meu criado sarará. Porque também eu sou homem sujeito à autoridade, e tenho soldados sob o meu poder, e digo a este: Vai, e ele vai; e a outro: Vem, e ele vem; e ao meu servo: Faze isto, e ele o faz. E, ouvindo isto Jesus, maravilhou-se dele, e voltando-se, disse à multidão que o seguia: Digo-vos que nem ainda em Israel tenho achado tanta fé. E, voltando paracasa os que foram enviados, acharam são o servo enfermo.
 
 Palavra! Uma só Palavra! Que palavra é Essa, como usá-la?
 
Em Cafarnaum, cidade pouco conhecida, o Império Romano prevalecia, todos tinham que passar por Roma ou Roma vinha até eles, Como vemos na passagem seguinte, acerca do pagamento de tributo:
E, chegando eles a Cafarnaum, aproximaram-se de Pedro os que cobravam as dracmas, e disseram: O vosso mestre não paga as dracmas? Disse ele: Sim. E, entrando em casa, Jesus se lhe antecipou, dizendo: Que te parece, Pedro? De quem cobram os reis da terra os tributos? Dos seus filhos, ou dos alheios? Disse-lhe Pedro: Dos alheios. Disse-lhe Jesus: Logo, estãolivres os filhos. Mas, para que os não escandalizemos, vai ao mar, lança o anzol, tira o primeiro peixe que subir, e abrindo-lhe a boca, encontrarás um estáter; toma-o, e dá-o por mim e por ti MT 17 24... 27
 
Pedro obedece e VAI! Jesus deu uma ordem querendo saber até onde a fé de Pedro iria, foi quando Pedro pescou o peixe, tirou a moeda e pagou o tributo dele, do mestre e ainda sobrou troco.
 
Vai: palavra de ordem. Significa ir, Passar ou ser levado de um lugar para outro, afastando-se, Deslocar-se até um lugar para lá permanecer, Deslocar-se a um local para fazer algo, Andar, caminhar, seguir entre outros.
 
Ide pregai o evangelho é uma ordem também. As mesmas coisas que Ele fez faremos também e ainda maiores, se tivermos fé. Quer melhores palavras que as de Jesus?
 
Então o que você está fazendo aí no seu cantinho, quietinho para que ninguém o veja e não o incomode? Acha isso correto? O Ide de Jesus é para todos.
 
No momento em que Ele nos aceita quando chorando, nos aproximamos do altar da igreja, e confessamos que é com Ele que queremos ficar, já recebemos a incumbência de levar a Sua Palavra. Passamos de admiradores a discípulos.
 
Mas não acaba por aqui. A pergunta continua. Que palavra oculta é essa?
 
Temos outras passagens que falam sobre carfanaum como a do sermão duro e perturbador de Jesus.
 
Em João 6 v47 a 68 está escrito assim: Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Vossos pais comeram o maná no deserto, e morreram. Este é o pão que desce do céu, para que o que dele comer não morra. Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre; e o pão que eu der é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo. Disputavam, pois, os judeus entre si, dizendo: Como nos pode dar este a sua carne a comer? Jesus, pois, lhes disse: Na verdade, na verdade vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não terá vida em vós mesmos.
Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue Verdadeiramente é bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Assim como o Pai, que vive me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim. Este é o pão que desceu do céu; não é o caso de vossos pais, que comeram o maná e morreram; quem comer este pão viverá para sempre. Ele disse estas coisas na sinagoga, ensinando em Cafarnaum.
Muitos, pois, dos seus discípulos, ouvindo isto, disseram: Duro é este discurso; quem o pode ouvir? Sabendo, pois, Jesus em si mesmo que os seus discípulos murmuravam disto, disse-lhes: Isto escandaliza-vos? Que seria, pois, se vísseis subir o Filho do homem para onde primeiro estava? O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita; as palavras que eu vos disse são espírito e vida. Mas há alguns de vós que não crêem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar. E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido. Desde então muitos dos seus discípulos tornaram para trás, e já não andavam com ele. Então disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? Respondeu-lhe, pois, Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras de vida eterna.
 
O que Jesus quis dizer ao citar o verbo comer? Imagino a cabeça daquele povo se perguntando. Ele quer que o comamos? Ele acha que somos canibais? Eca! Muitos não entenderam o discurso de Jesus ou não quiseram entender.
 
Jesus era homem e Deus ao mesmo tempo e sabia quem o estava seguindo por amor, pelos milagres ou apenas pelo banquete de pão com peixe. Então disse à multidão: COMA DE MIM. EU SOU O PÃO DA VIDA.
 
Já pensou se eu depois de servir um almoço de domingo bem suculento, delicioso, e milagroso, claro, na hora da sobremesa viro pra você e digo: coma minha carne e beba meu sangue. O que você pensaria? É, foi isso que eles pensaram.
 
Jesus tem uma forma de amor toda especial para tratar as pessoas. Ele é o próprio amor, mas nesse sermão ele sabia o que o povo queria. Sim, eles só o estavam seguindo pelo pão que perece. Então Ele disse ao povo: Comam de mim, bebam de mim e mais a frente Ele celebra a Santa Ceia e explica o que realmente Ele queria dizer.
 
No sermão da montanha ficaram somente os doze e na Santa Ceia também, estavam só os doze. E os cinco mil que comeram com ele pão e peixe? Onde estavam?
 
Então COMA. Outra palavra de ordem.
 
Calma aí. Tem mais!E essa é uma das mais fortes.
 
Em LC 4 v31 a 38 esta escrito: E desceu a Cafarnaum, cidade da Galiléia, e os ensinava nos sábados. E admiravam a sua doutrina porque a sua palavra era com autoridade. E estava na sinagoga um homem que tinha o espírito de um demônio imundo, e exclamou em alta voz, Dizendo: Ah! Que temos nós contigo, Jesus Nazareno? Vieste a destruir-nos? Bem sei quem és: O Santo de Deus. E Jesus o repreendeu, dizendo: Cala-te, e sai dele. E o demônio, lançando-o por terra no meio do povo, saiu dele sem lhe fazer mal. E veio espanto sobre todos, e falavam uns com os outros, dizendo: Que palavra é esta, que até aos espíritos imundos manda com autoridade e poder, e eles saem?
 
Que palavra é essa?
Difícil saber qual a palavra e como é difícil entender tudo que se passava naquele lugar.
 
Esse texto logo no começo resume tudo o que estou digitando. Veja: E admiravam a sua doutrina porque a sua palavra era com autoridade.
 
Autoridade essa é a palavra correta. Essa é a palavra oculta. Em nenhum momento Jesus a menciona. Estranho né?
 
Ele não a diz, mas, sim usa, e disse bem claro para nós usarmos também.
Veja como Ele usou: 
Zaqueu desce depressa, porque hoje me convém pousar em tua casa. LC 19 v 5.
 
Ele não disse Zaqueu, será que posso hoje, só hoje ta, prometo não atrapalhar. Posso jantar em sua casa? Lavo a louça pode ser em?... Ainda bem que não foi assim Ufa.
 
Tem outros
 
Um homem a trinta e oito anos na cama paralítico. Então Ele aparece. Sim Ele Jesus e diz: Levanta-te, toma o teu leito, e anda. JO 5 v8,
 
Ele não disse: Ei eu posso te curar? Mas tem uma coisa, você tem que se levantar e andar se não, não adiantará, pode ser? AINDA BEM QUE NÃO FOI ASSIM.
 
Em Jo 4 v 46 esta escrito: Pela Segunda vez foi Jesus a Caná da Galiléia, onde da água fizera vinho. E havia ali um nobre, cujo filho estava enfermo em Cafarnaum. Ouvindo este que Jesus vinha da Judéia para a Galiléia, foi ter com ele, e rogou-lhe que descesse, e curasse o seu filho, porque já estava à morte. Então Jesus lhe disse: Se não virdes sinais e milagres, não crereis. Disse-lhe o nobre: Senhor desce, antes que meu filho morra.
Disse-lhe Jesus: Vai, o teu filho vive. E o homem creu na palavra que Jesus lhe disse, e partiu.
 
Mais uma vez Ele mostra essa autoridade. Imagine você com um filho de aproximadamente sete anos com uma febre forte, muito forte mesmo, e você já tendo usado todos os recursos para a febre baixar, não tendo obtido êxito, fica sabendo que um homem muito conhecido e que pode resolver seu problema vai passar na sua cidade.
 
Sim. Você é uma pessoa muito importante, muito mesmo! Todos olham pra você como exemplo pensando, - quero ser como ele!- É Muitos o apontam, Mas nesta hora você não quer saber de mais nada e sim ir ao encontro daquele homem, afinal, não se trata de um homem qualquer, é aquele homem que dizem que deu vista aos cegos, curou leprosos, levantou paralítico. É esse homem que você vai procurar.
 
Sai a procura perguntando pra todos: você conhece Jesus? O viu? Vai a seu encontro. Procura em uma cidade, em outra e na correria você ouve falar que Ele está em Cana, então você entra em seu carro e vai o mais depressa que pode.
 
Quando chega a Caná olha para um lado, olha para o outro, vê uma ladeira e uma multidão. Como um louco sai do carro e sobe correndo afoito dizendo pra si mesmo: eu o Achei!
Não agüenta se ajoelha aos pés de Cristo e roga-lhe, suplica, e diz: Mestre Desce à minha casa em Carfanaum. Vamos eu te levo, meu filho está enfermo a beira da morte, ajuda-me.
 
Tudo fica em silêncio. Não se houve nada. Aqueles que sabem quem você é ficam te encarando, outros perguntam: o que ele faz aqui? E por segundos não se houve uma só palavra, até o silêncio ser quebrado pela voz suave de Jesus dizendo:
 
“Se não virdes sinais e milagres, não crereis.”
 
A dúvida ainda paira sobre sua cabeça. Você olha pra direita, vê pessoas cochichando. Olha pra esquerda, vê pessoas te apontando. Olha pra cima e vê Jesus esperando uma resposta. Então, de cabeça baixa, olha para o chão e diz: Senhor desce, antes que meu filho morra. Uma lagrima escorre de seu rosto e como em câmera lenta ela cai sobre um dos pés empoeirado de Jesus.
Uma lagrima, em busca de uma resposta.
 
Sim vamos. Onde é? Não é isso que você ouve e sim uma ordem a qual não é acostumado ouvir quando Jesus lhe diz: Vai, o teu filho vive.
 
Porém, não foi assim tão simples. Trata-se de uma ordem a uma pessoa nobre que está acostumado a dizer aos servos pra ir e eles vão, Então, de repente, você ouve a palavra VAI, com tal autoridade, que só lhe resta obedecer e crer que seu filho vive. Vai embora, mas, com outra fisionomia na certeza da vitória
 
JO 4 51... 53 E descendo ele logo, saíram-lhe ao encontro os seus servos, e lhe anunciaram, dizendo: O teu filho vive. Perguntou-lhes, pois, a que hora se achara melhor. E disseram-lhe: Ontem às sete horas a febre o deixou. Entendeu, pois, o pai que era aquela hora a mesma em que Jesus lhe disse: O teu filho vive; e creu ele, e toda a sua casa.
 
Autoridade essa é a palavra. Ela fica sempre oculta em nossas frases Deveríamos usá-la mais.
 
Autoridade significa autoridade 1. Direito legalmente estabelecido de se fazer obedecer. 2. A pessoa que tem esse direito. 3. Valor pessoal, importância.
 
Você tem autoridade! Jesus nos deu isso ao dizer: e expulsarão demônios, curarão enfermos, farão coisas maiores!
 
Você tem Autoridade! Use-a! Pra quê viver recuado pensando na morte da bezerra? Vai, Coma, beba e use essa autoridade de cristo em sua vida.
Basta uma palavra pra o nosso Deus curar e Para o milagre acontecer. O tempo e a distância não vão resistir. Se ele falou, ele vai cumprir!
 
Ele falou e o mar se acalmou, Disse haja luz e a luz passou a existir!
Levanta e anda, E o paralítico andou! E tem falado que o melhor está por vir!
Chamou pelo nome e o morto ressurgiu, lançai a rede e a pesca superabundou, o que ele prometeu pra mim e pra você, Pode acreditar que vai acontecer!
 
Se ele falou, Ele vai cumprir. Pra quê medo?
 
Deu-lhe vitória e o pôs de pé LEVANTA, uma palavra apenas nada o deter, nem peste nem fome É só clamar o Santo Nome de Jesus “
 
 Com autoridade diga
 
SEJA CURADO!
 
Demônio saia em nome de Jesus!
 
Levante e ande!
 
Vou passar na prova!
 
Vou encontrar uma porta aberta!
 
Seja confiante.
 
Seja crente.
 
Tem outra palavra que não podemos esquecer: AMÉM (hebraico amén) que significa. Acordo; aprovação.
 
Estamos então de Acordo? Seja autoritário e confiante do que está fazendo em favor de Deus.
 
E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na terra será desligado nos céus. MT 16 v 19
 
"Deus colocou todas as coisas debaixo de seus pés [de Jesus] e o designou cabeça de todas as coisas para a igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que enche todas as coisas, em toda e qualquer circunstância.” (Mateus 16:18)
 
"Eu lhes dei autoridade para pisarem sobre cobras e escorpiões, e sobre todo o poder do inimigo; nada lhes fará dano. Contudo, alegrem-se, não porque os espíritos se submetem a vocês, mas porque seus nomes estão escritos nos céus." (Lucas 10:19-20)
 
 
Amém!
 
 
Fiquem na paz
Leandro Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTARIO E SEJA FELIZ

Botão para Tweetar

 

Visualizações !!

Tags