TESTEMUNHO DE DIEGO SANTANA - Goiana/PE

8.10.09


Vejam como a fé em Deus realiza todos os nossos desejos:

“foi então que eu o reconheci, era o ladrão". Paz do Senhor! Família que tanto amo, minha experiência foi única e muito marcante. Mas para falar sobre ela preciso voltar no tempo. Amados, eu nasci em um “berço de ouro”, pois desde o início minha mãe me ofereceu ao Senhor. Mas até então não havia tido uma experiência de intimidade com Deus. Houve um momento em que passei por uma depressão muito grande e senti o desejo de me matar. O inimigo me fez pensar que eu não tinha valor, foi então que parei para ler a passagem do filho pródigo e tive um momento com o Senhor. Nesse período em que eu meditava e ainda me sentia triste, ouvi essas doces palavras: "como o pai se compadece dos filhos, assim tu me amas". Tais palavras mudaram a minha vida e desde então digo que o Diante do Trono é a minha trilha sonora espiritual. Posso dizer que cada louvor do DT fez parte de um momento de minha vida, menos um que foi “Senhor dos exércitos, Rei”. Eu ainda não havia passado por uma experiência que poderia ser relacionada a esta canção. Foi então que neste ano de 2008 quando começou o Congresso de Louvor e Adoração, eu coloquei os meus joelhos no chão e falei com o Papai assim: "Senhor meu Deus, o que direi de Ti? Tu és aquele que me amou primeiro, e por me amar tanto eu ti peço, como filho, toca no coração de cada um dos meus irmãos do DT para que seja ministrada a tua palavra nessa cidade que pára durante dias para festejar a carne, e faça com que ela pare para adorar o teu nome”. O Senhor me ouviu. Quando fui checar meus recados eu vi: “Diante do trono 11 será em Recife”. Nossa, que alegria! Não me contive, o tempo passou e comecei a divulgar. Falei para muitas pessoas e todas se alegraram. Eu estava passando por problemas financeiros, então pedi a um amigo meu de Recife para comprar os ingressos para mim. Como moro em Goiana/PE, que fica a duas horas da capital, fui buscar minhas entradas na véspera da gravação. Coloquei os ingressos na minha carteira e saí com um amigo que odiava o DT por causa das palavras declaradas no CD Esperança, quando a Ana disse que a Bahia é de um santo só, Jesus. Foi então que o pior aconteceu. Um homem me abordou e anunciou o assalto, ele disse que eu deveria dar tudo. Eu obedeci, mas pedi que me entregasse os ingressos, ele não deixou, ou seja, levou meu celular, minha carteira com meus documentos e meus ingressos. Naquele momento fiquei em estado de choque e quando me dei por mim eu já estava de joelhos. Foi então que, espontaneamente, fluiu em meus lábios o louvor “Senhor dos exércitos, Rei” e a pessoa que se dizia meu amigo falou: "Que Deus é esse que permite que seu servo seja roubado? Você vive dizendo que ele te ama, então por que deixou que fosse roubado? Você esperou mais de seis anos por esse dia e quando chega é isso que acontece?" Não consegui falar nada para ele, só louvei em plena calçada, não quis nem saber quem estava lá. Antes que eu terminasse o louvor duas mulheres se ajoelharam ao meu lado e elas colocaram suas mãos em meus ombros e falaram no meu ouvido: "EU SOU O TEU SENHOR, OUVI O TEU CLAMOR, NÃO TEMAS, POIS EU ESTOU AQUI. COM MEU PODER TE REVESTI, O INIMIGO EU JA VENCI, MAIOR SOU EU EM TI. NÃO TE DEIXO CAIR, NÃO TE DEIXO TROPEÇAR. EM JESUS TE ESCONDI E ASSIM O INIMIGO NÃO VAI TE ACHAR". Glória a Deus! Aquele momento foi o máximo para mim, pois muitos curiosos pararam para ver o que estava acontecendo. Quando terminamos de entoar o louvor, em nossos lábios surgiu a canção "Confio em teu amor". Cantamos toda a música e depois de adorar ao Senhor, mesmo na luta, elas falaram: “descanse nEle, confie nEle e o mais Ele fará em sua vida”. Eu agradeci pelas palavras de amor, elas me abraçaram e foram embora. Durante esses momentos eu não ligava mais para o que meu amigo falava, eu só ouvia o que aquelas servas do Senhor ministravam sobre minha vida.Falei para meus amigos, Gustavo e Jack, que não poderia mais ir para o evento em Recife. Eles ficaram tristes com isso, pois sabiam da minha alegria em participar da gravação. Meus amigos me confortaram muito. Dois dias antes da gravação o inimigo mais uma vez tentou armar para mim em pensamentos: “por que você não reclama seu sonho que está indo por água abaixo?" Então eu disse: “já perdi tudo que tinha e não reclamei. O Senhor sabe o que faz e o meu desejo é que pelo menos o ladrão vá para a gravação e seja salvo, pois eu posso orar e sei que o Senhor ouvirá”. Na sexta-feira da gravação, quando eu voltava do trabalho, uma mão tocou nos meus ombros e quando me virei percebi que era a mulher que cantou comigo logo após o assalto. Ela disse: "tome esse ingresso e vá". Eu não entendi o que estava acontecendo e não quis aceitar, pois como ela iria se eu pegasse aquele ingresso. Aí ela falou: “O Senhor ouviu o teu clamor e mandou eu te dar, pegue, vá para casa e se arrume, pois muito mais ainda esta por vir". Peguei o ingresso de cabeça baixa e quando fui agradecer ela tinha sumido.Fui para casa me arrumar e quando eu me sentei no sofá um carro buzinou. Fui atender e um amigo meu da cidade vizinha disse que o Senhor mandou ele passar em minha casa para me buscar. Glória a Deus!!! Já no Chevrolet adorei ao Senhor de todo meu coração e quando terminou a primeira gravação, ao sair de lá, um homem me abraçou com tanta força, se ajoelhou e pediu para eu impor as minhas mãos sobre ele, foi então que eu o reconheci, era o ladrão. Ele me pediu perdão, devolveu minha carteira e disse que hoje, graças a Deus e a mim, ele era uma nova criatura. Eu orei e disse que ele poderia ficar com o outro ingresso (de 05/07) e que estava perdoado. Quando eu estava chegando ao carro a outra mulher que louvou comigo no dia do roubo estendeu a mão e me deu um ingresso para o sábado e me disse: “sua atitude foi linda e com certeza Deus a viu”, e assim como a outra mulher ela sumiu. Ao chegar em casa fui dormir e para minha alegria o Senhor falou comigo em sonhos: “Você há muito tempo orou e eu sempre te ouvi. O seu desejo era que quando o DT viesse para Recife, que a vida de todos aqueles que não queriam ouvir minha voz fosse mudada. Aquele ladrão era assim, ele não queria ouvir minha voz e através de você ele foi salvo, e através dele muitas vidas serão salvas, eu te amo e não agüentaria te ver sofrer. Por isso, quando você se ajoelhou e começou a me louvor, e todos estavam olhando, mandei meus anjos louvarem em teus ouvidos, pois era isso que eu estava ti falando: “EU SOU O TEU SENHOR E SEMPRE OUÇO O TEU CLAMOR e fiz tudo isso por que te amo e por você eu faço todas as coisas”.
Deus abençoe,
Diego Santana

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTARIO E SEJA FELIZ

Botão para Tweetar

 

Visualizações !!

Tags